- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Regiões Kuando Kubango: Mais 700 jovens terminam formação no INEFOP

Kuando Kubango: Mais 700 jovens terminam formação no INEFOP

Setecentos e cinquenta e nove jovens concluíram oficialmente hoje, terça-feira, em Menongue, província do Cuando Cubango, a formação profissional, no âmbito do ciclo formativo/2017.

O encerramento da formação permitiu lançar os técnicos de diversos cursos no mercado de trabalho, e decorreu no Centro Integrado de Emprego e Formação Profissional de Menongue.

Dos 759 estudantes, 546 são do sexo masculino e 213 são do sexo feminino, formados nos cursos de alvenaria, canalização, contabilidade e gestão, carpintaria, corte e costura, electricidade, inglês, informática, mecânica, culinária, pastelaria.

Consta ainda dos cursos de secretariado e gestão e serralharia ministrados no Centro Integrado de Emprego e Formação Profissional de Menongue, com maior número de finalistas, nos pavilhões de Artes e Ofícios dos municípios do Cuchi, Cuito Cuanavale e Centro Móvel de Menongue.

Na sua intervenção, o chefe dos serviços provinciais do INEFOP, Simão Inácio, disse que foram inscritos dois mil e 445 candidatos, dos quais quinhentos e dois do sexo feminino, matriculados mil e 022, dos quais 277 do sexo feminino.

Referiu que durante o ano registaram-se 271 desistências por razões do processo das eleições gerais que envolveu alguns formandos nas brigadas de actualização, registo oficioso, agente de educação cívica eleitoral, entre outras razões desconhecidas.

Lembrou que a formação profissional desde os tempos remotos ocupou sempre um lugar de destaque na sociedade, olhando para os desafios do século.

Realçou que com o término de mais um ciclo formativo, estão certos de que os finalistas estão preparados para responderem pontualmente as expectativas do Executivo angolano, em particular da província, no aproveitamento dos conhecimentos adquiridos ao longo da formação nas distintas especialidades que poderão materializar em prática nas empresas e através do autoemprego.

Agradeceu, na ocasião, aos formadores que tudo fizeram para que o ciclo formativo do corrente ano terminasse com sucesso, bem como aos formandos que terminaram com êxito a sua formação profissional.

Na ocasião, os finalistas destacaram o empenho que o Executivo por ter proporcionado a formação da camada jovem se torne-se uma realidade, com vista para o bem social económico do povo angolano.

Asseguraram que com os conhecimentos adquiridos ao longo do círculo formativo têm ferramentas suficientes para contribuírem na promoção dos empreendedores, criando projectos que possam alavancar a economia a nível da província.

Sublinham que tais projectos poderão reduzir de forma significativa o índice de desemprego e consequentemente a redução da delinquência juvenil.

Solicitaram, na ocasião, aos órgãos de direitos, através das suas políticas, condições suficientes para a inserção dos profissionais no mercado de trabalho, bem como que os presenteiem com kits de formação para a realização de diversos trabalhos. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -

Petro e 1.º de Agosto perdem milhões Kz com saída da ZAP

1.º de Agosto e Petro de Luanda perdem mais de 220 milhões Kz cada por época (referentes aos direitos de transmissão), devido à "saída"...
- Publicidade -

Falta de apoios é o grande obstáculo da cultura angolana

“A falta de apoios aos projectos culturais tem sido um dos problemas que os criadores nacionais enfrentam”, lamentou o cantor e compositor Filipe Mukenga. Mukenga...

Nigéria: Ministério criará plataforma para tirar 100 milhões de nigerianos da pobreza

O Ministério Federal da Ciência e Tecnologia afirma que está a trabalhar num projecto que visa criar uma plataforma, sugerida pelo presidente Muhammadu Buhari,...

Nigéria: Produtores de dendém elogiam Buhari por capacitar os pequenos agricultores

A Associação de Produtores de óleo de palma da Nigéria (OPGAN) elogiou o Presidente Muhammadu Buhari e o Banco Central da Nigéria (CBN) por...

Notícias relacionadas

Petro e 1.º de Agosto perdem milhões Kz com saída da ZAP

1.º de Agosto e Petro de Luanda perdem mais de 220 milhões Kz cada por época (referentes aos direitos de transmissão), devido à "saída"...

Falta de apoios é o grande obstáculo da cultura angolana

“A falta de apoios aos projectos culturais tem sido um dos problemas que os criadores nacionais enfrentam”, lamentou o cantor e compositor Filipe Mukenga. Mukenga...

Nigéria: Ministério criará plataforma para tirar 100 milhões de nigerianos da pobreza

O Ministério Federal da Ciência e Tecnologia afirma que está a trabalhar num projecto que visa criar uma plataforma, sugerida pelo presidente Muhammadu Buhari,...

Nigéria: Produtores de dendém elogiam Buhari por capacitar os pequenos agricultores

A Associação de Produtores de óleo de palma da Nigéria (OPGAN) elogiou o Presidente Muhammadu Buhari e o Banco Central da Nigéria (CBN) por...

Onde estão os sindicatos no novo conselho de João Lourenço?

Convidado a integrar o novo Conselho Económico e Social de João Lourenço, o economista Carlos Rosado de Carvalho diz-se "surpreendido" com o número de...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.