Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Kadafi deu US$ 1 milhão para campanha de Lula, diz revista

Capturado e morto em outubro de 2011, o ex-ditador líbio Muamar Kadafi enviou secretamente ao Brasil US$ 1 milhão para financiar a campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2002. É o que teria afirmado o ex-ministro Antonio Palocci nas tratativas de um acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal, segundo reportagem da revista “Veja” desta sexta-feira.

Preso em Curitiba desde setembro de 2016, Palocci era um dos aliados mais próximos do líder petista. Ele já foi condenado pelo juiz Sérgio Moro por corrupção passiva e lavagem de dinheiro a 12 anos, 2 meses e 20 dias de prisão.

Palocci investe contra Lula desde o início das tratativas das negociações de sua delação. Em depoimento a Moro no início de setembro, ele confessou negociar propinas com uma empreiteira e incriminou o ex-presidente ao revelar um suposto “pacto de sangue” entre Lula e um conhecido empresário, em 2010, em que foi acertado R$ 300 milhões em corrupção ao PT.

Kadafi e Lula mantiveram uma relação cordial. Durante seu mandato, o líder petista se reuniu pessoalmente quatro vezes com o ditador, que governou a Líbia por 41 anos. A aproximação dos dois gerou muitas críticas na época.

O PT não se pronunciou a respeito da suposta delação de Palocci. Segundo o “Estadão”, a assessoria de imprensa do partido informou que não comenta “notícias sem fonte”.

Em setembro, a presidente nacional da legenda, senadora Gleisi Hoffmann, divulgou uma dura nota na qual acusa Palocci de inventar mentiras para agradar os procuradores da Lava Jato e conseguir os benefícios da delação premiada. (Yahoo)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »