Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Hamas define decisão americana como declaração de guerra

Ismail Haniyeh já havia reagido à decisão de Donald Trumpo reconhecer Jerusalém como capital de Israel com o apelo a uma “intifada” e agora acentua a animosidade contra o Presidente dos EUA.

O líder do Hamas reforça o apelo à revolta contra Israel definindo a declaração dos Estados Unidos de reconhecer Jerusalém como capital do Estado hebraico como uma declaração de guerra.

Esta quinta-feira, Ismail Haniyeh voltou a dirigir-se aos seguidores na Faixa de Gaza e pode ter espoletado o início de uma nova “intifada” violenta.

“A decisão americana é uma agressão contra o nosso povo e uma declaração de guerra contra o santuário do povo palestiniano, o santuário islâmico e cristão no coração da Palestina. Esta decisão representa a sepultura do acordo de Oslo e, antes de prosseguir com o processo dos colonatos, a Autoridade Palestiniana deve ter a coragem e a responsabilidade de declarar o fim do compromisso com este injusto acordo”, afirmou Ismail Haniyeh.

As manifestações contra a decisão americana prosseguem na Faixa de Gaza. Está em curso um apelo à resistência palestiniana.

“Não vamos abdicar de Jerusalém”, garantiu uma manifestante de Gaza, acrescentando: “Sacrificámos os nossos filhos e as nossas vidas para defender esta terra. Não vamos ceder nem sequer o mais pequeno pedaço dela.” Outro manifestante deixou um apelo aos países vizinhos árabes. “Peço aos líderes dos países árabes para pararem de brincar connosco e que acordem. Vamos protestar por todo o lado aqui em Gaza e por toda a Cisjordânia. Vamos disparar roquetes daqui”, ameaçou.

Israel anunciou, entretanto, ter recorrido disparado contra duas posições palestinianas na Faixa de Gaza em resposta ao lançamento de três roquetes para o território israelita. (Euronews)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »