- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mais Sem Palavras Freira apanha menina a ser violada por padre e castiga criança

Freira apanha menina a ser violada por padre e castiga criança

Freira terá chamado “galdéria” à menina.

Theresa Tolmie-McGrane [na foto] tinha oito anos quando uma freira a encontrou a ser violada por um padre, no orfanato onde cresceu. A criança achou que a mulher a salvaria dos abusos, mas ao invés a freira chamou-a de “galdéria” e empurrou-a com tanta força contra uma parede que lhe partiu um braço.

Theresa viveu 11 anos em Smyllum Park, em Lanark, sem nunca ter revelado o que se passava, até porque a freira a havia ameaçado que lhe partia o outro braço caso esta denunciasse o que se tinha passado.

Agora, e presente a um tribunal de abusos sexuais, a mulher confessou que ainda sofre física e mentalmente dos abusos que sofreu na infância, no orfanato que fechou em 1980.

Theresa, que foi para o orfanato com seis anos, revelou ainda que o padre lhe disse que precisava “que ela fosse um bom soldado de Deus”.

A mulher revela que sofreu diversos abusos no colégio e que as crianças eram sujeitas a todo o tipo de humilhações. (Notícias ao Minuto)

- Publicidade -
- Publicidade -

“O Mali está sob o controlo profundamente cerrado das Forças Armadas”

O Presidente de transição do Mali, nos próximos 18 meses, vai ser o coronel na reserva, Bah N’Daw, auxiliado pelo vice-presidente que é o...
- Publicidade -

Dois policiais são baleados durante protestos em Louisville, nos EUA

Nesta quarta-feira (23), dois policiais foram baleados durante protestos em andamento em Louisville, nos Estados Unidos. As manifestações ocorrem após condenação de apenas um...

Justiça alemã abre novo inquérito contra suspeito do desaparecimento de Maddie McCann

O caso Maddie conheceu novos desenvolvimentos no início de Junho, com a identificação de Christian B., 43 anos, um pedófilo reincidente já condenado por...

Chuva deixa destruição na Guiné-Bissau

As chuvas torrenciais que se registaram, nos últimos tempos, na Guiné-Bissau, deixaram marcas de destruição. Da capital, Bissau, ao interior do país, cerca de mil...

Notícias relacionadas

“O Mali está sob o controlo profundamente cerrado das Forças Armadas”

O Presidente de transição do Mali, nos próximos 18 meses, vai ser o coronel na reserva, Bah N’Daw, auxiliado pelo vice-presidente que é o...

Dois policiais são baleados durante protestos em Louisville, nos EUA

Nesta quarta-feira (23), dois policiais foram baleados durante protestos em andamento em Louisville, nos Estados Unidos. As manifestações ocorrem após condenação de apenas um...

Justiça alemã abre novo inquérito contra suspeito do desaparecimento de Maddie McCann

O caso Maddie conheceu novos desenvolvimentos no início de Junho, com a identificação de Christian B., 43 anos, um pedófilo reincidente já condenado por...

Chuva deixa destruição na Guiné-Bissau

As chuvas torrenciais que se registaram, nos últimos tempos, na Guiné-Bissau, deixaram marcas de destruição. Da capital, Bissau, ao interior do país, cerca de mil...

Portugal, país euroafricano

Portugal é há muito um país euroafricano não assumido. Vozes como a da historiadora e professora Isabel de Castro Henriques, que estudam as marcas...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.