- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Vida Saúde Enfermeiros recomendam pagamento de subsídios à classe

Enfermeiros recomendam pagamento de subsídios à classe

A efectiva cobertura dos serviços de saúde ao nível das zonas rurais não tem sido atingida devido a escassez de técnicos nas referidas localidades, daí que os enfermeiros recomendaram hoje (quarta-feira), nesta cidade, o pagamento dos subsídios de periferia, de isolamento e outros, bem como a garantia de alojamento e transporte, visando ultrapassar essa problemática e melhorar a assistência sanitária nas zonas recônditas.

A recomendação saiu do IV Encontro Nacional de Reflexão sobre a Qualidade de Assistência de Enfermagem em Angola, que encerrou hoje, quarta-feira, em Malanje, tendo recomendado ainda a criação, no prazo de 90 dias, de uma comissão nacional para revisão do regime jurídico de carreira de enfermagem, por estar desajustada à realidade do país.

A realização de um encontro nacional de recursos humanos para a análise do real número de enfermeiros e consequente distribuição pelo país, requalificação dos serviços de supervisão de enfermagem e a harmonização dos procedimentos de enfermagem, figuram igualmente das recomendações do encontro.

Paralelamente, os delegados ao IV Encontro Nacional recomendaram a avaliação do grau de cumprimento do Plano Nacional de Desenvolvimento do Sector da Saúde, enquanto instrumento de gestão e projecção de acções futuras.

Entretanto, ao discursar no acto de encerramento, em representação da ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, o secretário de Estado Valentim Matias reconheceu o papel dos enfermeiros, afirmando que a classe constitui a mais importante na cadeia de assistência primária, secundária e terciária dos pacientes.

Por outro lado, pediu uma profunda análise do perfil de saída dos enfermeiros formados pelas distintas instituições de ensino do país, ao mesmo tempo que solicitou esforços conjunto para uma formação com mais qualidade, para melhorar a cobertura da assistência a população, com enfoque para crianças e mulheres grávidas, elevando-se a esperança de vida dos angolanos.

Por sua vez, o bastonário da Ordem dos Enfermeiros de Angola (ORDENFA), Paulo Luvualu, exortou para uma postura mais assente na humanização, responsabilidade e entrega no atendimento aos doentes nas unidades sanitárias.

O encontro, que foi promovido pela Ordem dos Enfermeiros de Angola (ORDENFA), decorreu sob o lema Proliferação de Escolas de Enfermagem: Custos e benefícios para a classe/profissão de enfermagem e a sociedade angolana” e contou com a participação de enfermeiros e responsáveis de instituições de ensino de nível médio e superior das 18 províncias do país.

Estiveram em debate durante dois dias, temas como a qualidade da assistência de enfermagem em Angola: causas e consequências, dimensionamentos dos profissionais de enfermagem, perfil dos estudantes de ciências de enfermagem, política nacional de desenvolvimento de recursos humanos, entre outros. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -

Jovem malaia luta pelo direito de não usar véu islâmico

A decisão de deixar de usar o véu islâmico e denunciá-lo como uma obrigação patriarcal valeu a Maryam Lee muitas críticas e uma investigação...
- Publicidade -

Mãe queima mão do filho por furto de telemóvel

Uma cidadã de 27 anos de idade queimou a mão direita do seu filho de 12 anos num fogareiro, no Lubango, província da Huíla,...

EUA: Substituição da juíza Ruth Bader Ginsburg opõe democratas e republicanos

A substituição de Ruth Bader Ginsburg, juíza do Supremo Tribunal Federal de Justiça e ícone progressista a favor dos direitos das mulheres, das minorias...

Pandemia transtorna Angola há seis meses

Completam-se hoje, 21 de Setembro, seis meses desde que foram anunciados, pela voz da ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, os dois primeiros casos positivos...

Notícias relacionadas

Jovem malaia luta pelo direito de não usar véu islâmico

A decisão de deixar de usar o véu islâmico e denunciá-lo como uma obrigação patriarcal valeu a Maryam Lee muitas críticas e uma investigação...

Mãe queima mão do filho por furto de telemóvel

Uma cidadã de 27 anos de idade queimou a mão direita do seu filho de 12 anos num fogareiro, no Lubango, província da Huíla,...

EUA: Substituição da juíza Ruth Bader Ginsburg opõe democratas e republicanos

A substituição de Ruth Bader Ginsburg, juíza do Supremo Tribunal Federal de Justiça e ícone progressista a favor dos direitos das mulheres, das minorias...

Pandemia transtorna Angola há seis meses

Completam-se hoje, 21 de Setembro, seis meses desde que foram anunciados, pela voz da ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, os dois primeiros casos positivos...

Mulher infectada com Covid contagiou 15 pessoas em voo

Uma mulher, infectada com Covid-19, teria propagado o vírus a outros 15 passageiros de um voo internacional entre Londres e o Vietname, de acordo...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.