- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Sociedade Enfermeiros em Luanda ameaçam paralisar o sector na próxima semana

Enfermeiros em Luanda ameaçam paralisar o sector na próxima semana

Os enfermeiros da capital do país ameaçam entrar em greve, na próxima segunda-feira, dia 12, depois de terem já suspendido as consultas e a prescrição de receitas médicas nos hospitais públicos e centros de saúde.

Do caderno reivindicativo enviado em 2012 ao Governo Provincial fazem parte o pagamento de retroactivos, e de subsídios de consulta, bem como a promoção do pessoal.

Sem soluções à vista, mesmo depois da moratória de cinco dias dada pelos enfermeiros no final de Outubro, os enfermeiros ameaçam agora paralisar o sector.

“Vamos decretar uma greve caso os directores, administradores e superintendentes continuem a obrigar os técnicos de enfermagem a fazer actos médicos conforme as denúncias que temos vindo a receber”.

Este posicionamento foi revelado ao Novo Jornal Online por Afonso Kileba, secretário-geral adjunto do Sindicato dos enfermeiros de Luanda, que acusa os responsáveis dos centros de saúde e dos hospitais públicos de estarem a coagir técnicos.

“Há administradores que estão a forçar os técnicos de enfermagem a fazer consultas médicas, coisa que não é da nossa responsabilidade “, explicou.

O também porta-voz do Sindicado dos Enfermeiros de Luanda afirma que alguns responsáveis estão a fazer essas pressões junto dos técnicos de saúde, sob orientação da directora provincial de Saúde de Luanda, Rosa Bessa.

“Nós alertámos já a directora provincial de Saúde de Luanda, no encontro que tivemos ontem, na sede da União Nacional dos Trabalhadores de Angola (UNTA), que iremos partir para uma greve caso as intimidações dos directores dos hospitais, chefes de repartições e outros responsáveis das unidades hospitalares continuarem”, disse.

O Novo jornal Online contactou a directora provincial de Saúde de Luanda, Rosa Bessa, para os devidos esclarecimentos, mas não obteve resposta.

Alguns enfermeiros ligados ao Centro de Saúde Progresso, no município do Cazenga, apelaram hoje aos demais colegas que continuem a pautar-se pelo humanismo, atendendo os doentes, principalmente naquelas unidades com um número reduzido de médicos.

O enfermeiro Marcelo Cândido disse à Angop não estar contra a reivindicação, mas defende que, enquanto se aguarda pela resposta, os seus colegas deveriam continuar a fazer o que sempre fizeram, salvaguardando a vida de milhares de pessoas. (Novo Jornal Online)

- Publicidade -
- Publicidade -

Novo representante do Banco Mundial reúne com membros do governo angolano

O novo representante do Banco Mundial para Angola, Jean-Christophe Carret, iniciou esta segunda-feira, uma jornada de reuniões com os representantes dos ministérios da Saúde,...
- Publicidade -

Equipas apuradas para afrotaças jogam torneio

Um torneio quadrangular disputa-se na segunda quinzena de Outubro, no Estádio 11 de Novembro, envolvendo as quatro equipas qualificadas para a Liga dos Clubes...

Ex-director da Elite Models na Europa investigado por violação de modelos

A investigação está assente em denúncias feitas por mulheres entre 1980 e 1988 e que dificilmente resultará num julgamento, uma vez que os crimes...

Covid-19. Guterres diz que o mundo tem de aprender com os erros

O secretário-geral das Nações Unidas lamentou o "arrepiante" número de mortos provocados pela covid-19, que já ultrapassou um milhão em todo o mundo, e...

Notícias relacionadas

Novo representante do Banco Mundial reúne com membros do governo angolano

O novo representante do Banco Mundial para Angola, Jean-Christophe Carret, iniciou esta segunda-feira, uma jornada de reuniões com os representantes dos ministérios da Saúde,...

Equipas apuradas para afrotaças jogam torneio

Um torneio quadrangular disputa-se na segunda quinzena de Outubro, no Estádio 11 de Novembro, envolvendo as quatro equipas qualificadas para a Liga dos Clubes...

Ex-director da Elite Models na Europa investigado por violação de modelos

A investigação está assente em denúncias feitas por mulheres entre 1980 e 1988 e que dificilmente resultará num julgamento, uma vez que os crimes...

Covid-19. Guterres diz que o mundo tem de aprender com os erros

O secretário-geral das Nações Unidas lamentou o "arrepiante" número de mortos provocados pela covid-19, que já ultrapassou um milhão em todo o mundo, e...

Isabel dos Santos. Winterfell tenta impugnar nacionalização da Efacec

A Winterfell, empresa de Isabel dos Santos que controlava a Efacec, anunciou hoje ter apresentado uma ação de impugnação da decisão do Governo de...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.