Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

UNESCO pede inquérito sobre assassinato de jornalista nigeriano

A diretora-geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), Audrey Azoulay, condenou o assassinato do cameraman nigeriano, Ikechukwu Onubogo, e pediu a abertura dum inquérito para levar à Justiça os autores deste ato com vista a proteger a liberdade de imprensa.

“Condeno o assassianto de Ikechukwu Onubogo. Os responsáveis deste crime devem ser julgados para proteger a liberdade de expressão, inscrita na Declaração Universal dos Direitos Humanos e na Carta Africana dos Direitos Humanos e dos Povos”, declara Andrey Azoulay, num comunicado de imprensa transmitido à PANA, sábado, em Paris.

O corpo sem vida de Ikechukwu Onubogu foi encontrado, a 15 de novembro último, na cidade de Obosi, situada no Estado de Anambra, enquanto os seus próximos e colegas do canal audiovisual Anambra Boradcasting Service (ABS) estavam sem notícias dele desde 12 do mesmo mês.

Nesse dia, Ikechukwu Onubogu, que estava em sua casa, recebeu uma chamada telefónica e partiu rapidamente com o seu aparelho foto.

A diretora-geral da UNESCO lembrou a todos os Governos o seu dever de proteger os jornalistas para impedir que estas matanças privem o público do seu direito de acesso à informação. (Panapress)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »