- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques Isabel dos Santos acusada de fuga ao fisco através da Cruz Vermelha...

Isabel dos Santos acusada de fuga ao fisco através da Cruz Vermelha de Angola

Iimportação de meios para a Unitel em nome da Cruz Vermelha há muito sob investigação

A revolta dos cerca de 100 funcionários da Cruz Vermelha de Angola (CVA), agora sem salários há 10 meses, levanta interrogações sobre o curso de um processo instaurado à empresária Isabel dos Santos, presidente da organização, por suspeita de fuga ao fisco na importação de bens que estarão ao serviço da sua operadora de telefonia móvel, a Unitel.

Aberto pela Direcção Nacional da Polícia Económica, que passou para a tutela do Serviço de Investigação Criminal (SIC), o processo é assente em suspeitas de que a antiga administradora da Sonangol terá usado a Cruz Vermelha, que beneficia de isenção fiscal, para adquirir meios como viaturas, material informático e geradores para a sua empresa.

Trata-se do processo nº 269, ao abrigo do qual a Polícia Económica solicitou que as 18 delegações provinciais da Cruz Vermelha apresentassem um inventário dos bens – móveis e imóveis – que possuem, conforme indicam documentos em posse da VOA.

Essas informações permitirão confrontar com o que chegou ao país em nome da CVA entre 2009 e 2016, segundo secretários provinciais, que questionam a não realização de assembleias para renovação de mandatos.

De acordo com as mesmas fontes, que optaram pelo anonimato, estas suspeitas, a par da crise de salários numa organização com papel relevante na assistência humanitária, retirou credibilidade a Angola junto de parceiros internacionais, com realce para a Cruz Vermelha Internacional.

A acompanhar o assunto, o jornalista e activista Rafael Marques aconselha Isabel dos Santos a colocar o lugar à disposição porque tem o mandato expirado

“A sua saída permitiria relançar a Cruz Vermelha, com um plano de acção, tendo em conta a sua importância no apoio humanitário em várias zonas do país. Ela foi, numa tentativa de mostrar que tem veia filantrópica, para usar o nome da CVA em benefício próprio. Acabou por destruir a organização’’, aponta Marques.

A investigação, dizem as nossas fontes, terá descortinado prejuízos para o Estado superiores a 30 milhões de dólares norte-americanos.

A VOA não conseguiu obter uma reacção do secretário-geral da Cruz Vermelha de Angola, Walter Quifica, acusado de dar guarida a engenharias que prejudicam os funcionários.

Na Unitel de Isabel dos Santos, foi-nos solicitado um formulário com todas as questões como condição para um eventual pronunciamento. (Voa)

- Publicidade -
- Publicidade -

PF faz buscas na casa do governador de SC devido a suposta fraude na compra de respiradores

Ministério Público Federal (MPF) e a Polícia Federal cumprem na quarta-feira (30) mandado de busca e apreensão na residência do governador de Santa Catarina,...
- Publicidade -

ENDIAMA acusa ex-trabalhadores de tentarem paralisar actividade da empresa

A Empresa Nacional de Diamantes de Angola (ENDIAMA) acusou hoje um grupo de ex-trabalhadores de tentarem paralisar as actividades da companhia como forma de...

Há 302 surtos de covid-19 no país: Norte e Lisboa são as piores regiões

Portugal tem 302 surtos ativos no país, a maior parte no Norte, todos eles caracterizados pelas autoridades de saúde. Quem o disse foi a...

Governo reorienta recursos para os esforços da guerra

O ministro da Economia e Finanças de Moçambique admitiu, ontem, em Maputo, que o conflito armado na província de Cabo Delgado, no Norte do...

Notícias relacionadas

PF faz buscas na casa do governador de SC devido a suposta fraude na compra de respiradores

Ministério Público Federal (MPF) e a Polícia Federal cumprem na quarta-feira (30) mandado de busca e apreensão na residência do governador de Santa Catarina,...

ENDIAMA acusa ex-trabalhadores de tentarem paralisar actividade da empresa

A Empresa Nacional de Diamantes de Angola (ENDIAMA) acusou hoje um grupo de ex-trabalhadores de tentarem paralisar as actividades da companhia como forma de...

Há 302 surtos de covid-19 no país: Norte e Lisboa são as piores regiões

Portugal tem 302 surtos ativos no país, a maior parte no Norte, todos eles caracterizados pelas autoridades de saúde. Quem o disse foi a...

Governo reorienta recursos para os esforços da guerra

O ministro da Economia e Finanças de Moçambique admitiu, ontem, em Maputo, que o conflito armado na província de Cabo Delgado, no Norte do...

João Lourenço apela à engenhosidade angolana para ultrapassar período difícil e avisa que não há bonança sem muito trabalho

O Presidente da República apelou hoje ao engenho e à criatividade dos angolanos para que o País possa ultrapassar a difícil situação económica que...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.