- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Regiões Cuanza Norte: Combate à malária reforçado com a distribuição massiva de mosquiteiros

Cuanza Norte: Combate à malária reforçado com a distribuição massiva de mosquiteiros

Mais de cinco mil crianças de diversas escolas e bairros periféricos da cidade de Ndalatando, capital do Cuanza Norte, foram agraciadas sábado com a distribuição gratuita de mosquiteiros impregnados, no quadro de um festival infantil denominado “Juntos stop malária nas escolas”.

Promovido pela operadora de telefonia móvel “Unitel”, o evento foi encabeçado pela coordenadora do Projecto Cultura nas Escolas e embaixadora do Programa “Stop Malária” da referida empresa, Sónia António, que na ocasião teceu que a iniciativa visa o reforço do combate a doença e redução da morte de crianças, consideradas as principais vítimas do paludismo.

Lembrou que as crianças só representarão o futuro do país se tiverem saúde e educação, por isso, as escolas devem se associar à causa das instituições sanitárias no combate a malária.

A doença, continuou, tem vitimado milhares de crianças no mundo e no país, em particular, razão pela qual foram distribuídos mais de cinco mil mosquiteiros num evento decorrido no estado de futebol Santos Diniz de Ndalatando, de modo a despertar as crianças desde tenra idade sobre os métodos de prevenção e consequências da doença.

Sónia António que também é apresentadora de televisão instou as famílias e as escolas a reforçarem a educação das crianças sobre os métodos de prevenção e riscos da malária, a fim de se transformar Angola num país melhor para se viver.

Por seu turno, a vice-governador do Cuanza Norte para o sector politico e social, Leonor da Siva louvou a iniciativa da Unitel e realçou o combate a malária como uma das prioridades do governo provincial que tem vindo a reforçar as suas acções de luta contra a doença com acções de reforço do saneamento básico das vilas e cidades, fumigação para o combate ao vector da doença, entre outras.

Do referido evento presenciado por distintas autoridades do governo provincial, entidades da empresa Unitel, participaram mais de cinco mil crianças vindas de diversas artérias da cidade de Ndalatando. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -

Afrobarómetro: Angolanos reprovam desempenho económico do executivo de João Lourenço

A mais recente pesquisa de opinião do Afrobarómetro, organização continental independente de pesquisas e sondagens, sobre Angola revela que a grande maioria dos angolanos,...
- Publicidade -

Direcção da FAF ‘esconde’ prémios de 348 milhões Kz de que beneficiou

Se de um lado foi observado que em dois anos os dezassete membros que fazem parte do topo da hierarquia da FAF levaram para...

[Análise] Como estão os líderes empresariais africanos a lidar com a crise do coronavírus?

Pessimismo no futuro imediato, mas confiança no futuro do continente a longo prazo: esta é a conclusão da segunda edição do barómetro sobre o...

China garante que OMS deu aval ao uso de vacinas que ainda estão em estudo

As autoridades chinesas dizem que a Organização Mundial da Saúde deu apoio e aceitou a administração de vacinas experimentais que estão a ser desenvolvidas...

Notícias relacionadas

Afrobarómetro: Angolanos reprovam desempenho económico do executivo de João Lourenço

A mais recente pesquisa de opinião do Afrobarómetro, organização continental independente de pesquisas e sondagens, sobre Angola revela que a grande maioria dos angolanos,...

Direcção da FAF ‘esconde’ prémios de 348 milhões Kz de que beneficiou

Se de um lado foi observado que em dois anos os dezassete membros que fazem parte do topo da hierarquia da FAF levaram para...

[Análise] Como estão os líderes empresariais africanos a lidar com a crise do coronavírus?

Pessimismo no futuro imediato, mas confiança no futuro do continente a longo prazo: esta é a conclusão da segunda edição do barómetro sobre o...

China garante que OMS deu aval ao uso de vacinas que ainda estão em estudo

As autoridades chinesas dizem que a Organização Mundial da Saúde deu apoio e aceitou a administração de vacinas experimentais que estão a ser desenvolvidas...

Covid-19: Grupo de 34 reclusos infetados foge de prisão no Brasil

Um grupo de 34 presos, infetados com covid-19, fugiu esta terça-feira através de um túnel de uma prisão no Brasil, com graves problemas de...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.