- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Sociedade "Corta cabeça" condenado a 30 anos de prisão no Kuando Kubango pelo...

“Corta cabeça” condenado a 30 anos de prisão no Kuando Kubango pelo assassinato de cinco pessoas

Severiano Tchivinda, apelidado de “corta cabeça” após ter decapitado duas mulheres, foi ontem condenado a 30 anos de prisão no Tribunal Provincial do Kuando Kubango, pelo assassinato de cinco pessoas e duas tentativas de homicídio.

Sentença foi proferida pelo juiz Hélder Pedro, que considerou o réu culpado dos crimes de homicídio qualificado (24 anos de prisão), tentativa de homicídio (20 anos) e posse de estupefacientes (três meses de prisão), que, por cúmulo jurídico, resultam numa “pena única e máxima de 30 anos de prisão”.

O veredicto, do qual a defesa já disse que pretende recorrer, surge cerca de sete meses após o encarceramento de Severiano Tchivinda, de 31 anos, detido em Abril na sequência da decapitação de duas jovens espaço de um mês, no município do Menongue, capital do Kuando Kubango.

Para além de ter apanhado 30 anos de cadeia, o “corta cabeça” terá de indemnizar os ofendidos e sobreviventes dos crimes de tentativa de homicídio, por danos não patrimoniais, numa quantia de 200 mil kwanzas a cada um.

A este valor junta-se ainda o pagamento de cinco milhões de Kwanzas aos familiares das vítimas mortais (um milhão por cada caso).

Recorde-se que as autoridades encontraram na residência do réu, em Abril passado, as cabeças de duas das vítimas, uma assassinada a golpes de catana.

Aquando da detenção, Severiano admitiu os crimes, dizendo que atacava as mulheres por suspeitas de prostituição e explicando que guardou as cabeças em cumprimento de uma tradição ancestral.

“Fico com as cabeças, porque sei que os nossos reis viviam com as cabeças das pessoas nas suas próprias casas”, afirmou, acrescentando: “O dinheiro tem símbolo da cabeça”. (Novo Jornal Online)

- Publicidade -
- Publicidade -

Portugal, país euroafricano

Portugal é há muito um país euroafricano não assumido. Vozes como a da historiadora e professora Isabel de Castro Henriques, que estudam as marcas...
- Publicidade -

Reflexões sobre o calendário escolar

Após a realização do diagnóstico sobre o rendimento do Subsistema do Ensino de Base, em 1986, os primeiros sinais de mudança de uma economia...

De números desconhecidos: Burlas por telefone na calada da noite

Edson Cadete disse que alguns amigos aconselharam-no a retomar as chamadas e outros o desencorajaram a fazê-lo. Nós últimos dias cresce o número de pessoas...

Zangam-se as Comadres, Descobrem-se as Verdades!

Empresários nacionais em 2012, segundo o Confidence News, já o denunciavam como sendo, o “homem do Presidente”. Edeltrudes Costa de seu nome, foi vice...

Notícias relacionadas

Portugal, país euroafricano

Portugal é há muito um país euroafricano não assumido. Vozes como a da historiadora e professora Isabel de Castro Henriques, que estudam as marcas...

Reflexões sobre o calendário escolar

Após a realização do diagnóstico sobre o rendimento do Subsistema do Ensino de Base, em 1986, os primeiros sinais de mudança de uma economia...

De números desconhecidos: Burlas por telefone na calada da noite

Edson Cadete disse que alguns amigos aconselharam-no a retomar as chamadas e outros o desencorajaram a fazê-lo. Nós últimos dias cresce o número de pessoas...

Zangam-se as Comadres, Descobrem-se as Verdades!

Empresários nacionais em 2012, segundo o Confidence News, já o denunciavam como sendo, o “homem do Presidente”. Edeltrudes Costa de seu nome, foi vice...

FinCEN Files. Como os grandes bancos facilitaram milhares de milhões de dólares em transferências para criminosos

Mais de dois mil relatórios bancários confidenciais obtidos pelo BuzzFeed News e partilhados com o Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ), do qual...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.