Violência faz 23 mortos e 15 feridos na Líbia

As hostilidades em curso na Líbia deixaram um total de 38 vítimas, em Outubro passado, das quais 23 mortos e 15 feridos, anunciou a Missão de Apoio das Nações Unidas na Líbia (UNSMIL), informou hoje a PANA.

No seu relatório mensal sobre a violência contra os civis, a UNSMIL indica que entre as vítimas contam-se 11 homens mortos e sete feridos, três mulheres mortas e três feridas, bem como nove crianças mortas (seis rapazes e três meninas) e cinco feridos (três meninas e dois rapazes).

A maioria das vítimas civis foram causadas por ataques aéreos (12 mortos e sete feridos) e o restante por restos de explosivos de guerra (seis mortos e sete feridos) e tiros (cinco mortos e um ferido), precisa o comunicado da MANUL divulgado quinta-feira.

A UNSMIL assinala que as vítimas civis estão distribuídas pelas cidades de Benghazi (sete mortos e sete feridos), Derna (sete mortos, sete feridos), Kouffra (um ferido), Misrata (dois mortos), Tarhouna (um ferido) e Tripoli (um morto).

A Líbia está confrontada, desde 2011 após o colapso do antigo governo de Muamar Kadafi, com o caos de segurança alimentado pela proliferação das armas e pela existência de milícias e grupos armados que impedem a reconstrução do Estado e dos órgãos de segurança capazes de manter a ordem. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »