Israelitas comemoram 100 anos da Declaração Balfour

Primeiro-ministro Benjamin Netanyahu está em Londres para assistir às comemorações, sob fortes protestos da diplomacia palestiniana.

Hoje, 2 de Novembro, o Estado de Israel e o povo judeu celebram os 100 anos da Declaração Balfour, que constituiu um marco fundamental na criação daquele país na Palestina – que à época fazia parte do Império Otomano – através da legitimação das aspirações sionistas por uma grande potência, a Grã-Bretanha.

Mas a discórdia que entretanto provocou repete-se 100 anos depois: para as comemorações da data no Reino Unido durante o dia de hoje, o governo convidou o primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu, mas os protestos dos líderes palestinianos surgiram imediatamente.

O enquadramento histórico é muito diferente – não só a correlação de forças, mas mesmo o facto de uma potência europeia decidir a criação de um país para uma região que nem sequer lhe pertencia – mas os palestinianos continuam a clamar pelo seu próprio território, que afirmam estar sob ocupação desde que a criação de Israel se consumou, em 1948. (Jornal Económico)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »