Cunene: Fortes ventos desabrigam mais de 60 famílias no Cuanhama

Sessenta famílias residentes no município do Cuanhama, província do Cunene, ficaram desabrigada em consequência de fortes ventos que se registaram nos últimos dias na circunscrição.

A informação foi avançada pela vice-governadora para o sector político, social e económico da província do Cunene, Albertina Teresa José, referindo que a chuva miúda, acompanhada com ventos fortes derrubaram algumas paredes e danificaram muitas chapas de cobertura e outras, sem contudo provocar vítimas humanas.

Disse que as residências danificadas eram, na maioria, construídas de forma precária (vulgo de chapas), apesar de haver registo de casas de construção definitiva desabadas pela intempérie.

Entretanto apelou as famílias residentes nas zonas urbanas, no sentido de absterem-se em construir em locais consideradas de risco, como nas chanas e nos cursos de água.

Esclareceu que o governo através das administrações municipais tem estado a trabalhar com os coordenadores e moradores no sentido de mobiliza-los a construir em áreas com maior segurança. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »