CASA-CE e UNITA fortalecem relação com o cidadão

Os deputados da coligação CASA-CE, nesta legislatura, vão trabalhar para reconstruir a relação com os cidadãos eleitores, ampliar sua dimensão de força alternativa ao poder Executivo, reformar a legislação eleitoral, promover a implementação das autarquias locais até 2019, e fortalecer o papel dos deputados na Assembleia Nacional.

O deputado Lindo Bernardo Tito, que apresentou ontem os desafios daquela formação política para a actual legislatura quando dissertava sobre “Os desafios dos partidos políticos e coligações na presente legislatura” durante a conferência nacional sobre eleições, paz e democracia, disse que a CASA-CE entende ser necessário reconstruir a relação com os cidadãos eleitores, porque no final das eleições passadas houve uma quebra de confiança dos eleitores em relação aos concorrentes da oposição, por estes decidirem tomar posse.

UNITA traça desafios

A deputada da UNITA, Arlete Chipinda, que também falou dos desafios dos partidos políticos, defendeu a transmissão em directo dos debates parlamentares na TPA, a descentralização administrativa do poder local com a adopção de eleições autárquicas, a aprovação de leis que protegem o trabalhador nacional e de políticas públicas compatíveis com uma economia globalizada e um maior investimento do Estado em infra-estruturas.
A ministra conselheira da Embaixada da Noruega, Merethe Luís, considerou as eleições gerais de 23 de Agosto um modelo que deve ser copiado, pelo engajamento do povo. (Jornal de Angola)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »