Associações de lesados da PT preparam ação contra o Haitong

A associação dos lesados da PT/Oi (Alope) e a associação que representa os pequenos investidores (ATM) vão avançar, em conjunto, com uma acção contra o Haitong, avança o “Jornal de Negócios” esta segunda-feira.

“Achamos que existe interesse de ambas as partes em convergir interesses”, disse Francisco Mateus, presidente da Alope, em declarações ao matutino.

Segundo o responsável da ATM, Octávio Viana, esta união permitirá alargar o raio de acção da sua própria associação. A ATM esteve “sempre mais direcionada para os obrigacionistas e accionistas, enquanto a Alope está centrada nos [subscritores de] produtos complexos”, explicou.

O processo que as associações têm em vista contra o Haitong foca-se nos produtos estruturados vendidos pelo então Banco Espírito Santo Investimento (BESI), que agora é Haitong.

“Estamos a falar de CLN (Credit Link Notes), os quais, na prática, são um misto: têm características de CDS, tipo de seguros, e de uma obrigação”, disse Francisco Mateus.

Com base nas informações que foram divulgadas sobre a queda do BES até ao momento, a Alope e a ATM não têm dúvidas de que “há um pressuposto de venda fraudulento” pela antiga entidade que pertencia ao universo do BES, defendeu o presidente da Alope. (Expresso)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »