Assembleia Nacional traz a São Vicente conferência sobre os 25 anos da Constituição da República

O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, procedeu ontem, no Mindelo, à abertura oficial de uma conferência internacional sobre os “XXV anos da Constituição democrática de Cabo Verde”, a qual contará com intervenções de especialistas cabo-verdianos e portugueses.

Prevista para decorrer na tarde hoje no auditório Onésimo Silveira, da Universidade do Mindelo, a Assembleia Nacional informa que por esta ocasião celebra-se os 25 anos da Constituição democrática sendo o objectivo discutir, com a colaboração de “especialistas estrangeiros amigos de Cabo Verde”, a trajectória da Carta Magna.

Destinada a académicos (professores e alunos universitários), profissionais do direito, eleitos nacionais, eleitos municipais, personalidades da sociedade, entre outros, a conferência do Mindelo segue idêntica iniciativa realizada na Cidade da Praia.

Pretende-se, igualmente, discutir o que a Lei Fundamental representou e representa para a inserção de Cabo Verde no mundo, que contributo deu para “o salto qualitativo” que o País registou neste período e, como pode ainda ajudar a nação a atingir “o tão almejado desenvolvimento” económico e social.

A conferência é realizada em parceria com a Câmara Municipal de São Vicente e serão oradores Bacelar Gouveia, de Portugal, com o tema “Os desafios do constitucionalismo no século XXI”, e Simão Santos, juiz do Tribunal da Relação do Barlavento, que deve abordar “A justiça constitucional em Cabo Verde”.

O encerramento do evento fica a cargo do presidente da Assembleia Nacional, Jorge Santos. (Inforpress)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »