Adiado recenseamento eleitoral piloto

Não foi indicada nova data.
As autoridades moçambicanas adiaram a realização do recenseamento eleitoral piloto em três províncias do norte, centro e sul.

Não foi anunciada nenhuma data para o processo, que deveria decorrer entre 6 e 30 deste mês.

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) aponta a morte de Mahamudo Amurane, edil de Nampula, e a consequente realização da eleição intercalar, como razão do adiamento. (Voa)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »