Radio Calema
InicioMundo LusófonoBrasilPlanilha apreendida com Aécio revela distribuição de cargos no governo

Planilha apreendida com Aécio revela distribuição de cargos no governo

PF também descobriu que Aécio detinha um mapeamento de cargos da União disponíveis em Minas, com as respectivas remunerações e vagas em aberto

A Polícia Federal apreendeu no gabinete de Aécio Neves (PSDB-MG) no Senado 14 folhas com planilhas que detalham como funcionavam as indicações de políticos a cargos em órgãos da administração pública federal em Minas Gerais. A PF também descobriu que Aécio detinha um mapeamento de cargos da União disponíveis em Minas, com as respectivas remunerações e vagas em aberto. De acordo com o jornal O Globo, um dos papéis é de 10 de fevereiro de 2017, o que indica a influência do senador no governo do presidente Michel Temer.

Os documentos foram apreendidos pela PF na Operação Patmos, em 18 de maio deste ano.

A reportagem destaca que foi encontrada uma planilha intitulada “Indicações para Cargos Federais – Minas Gerais”. O documento detalha quem indicou (político e partido) e quem foi indicado para 16 cargos em 10 órgãos do governo federal em Minas. É esta planilha que traz a data “10/02/2017”.

Também foi apreendido um documento com o título: “Recrutamento Amplo Político em Minas Gerais”. Outro, indicava “recrutamento restrito”, com indicações de cargos técnicos. Outros papéis traziam referência a um dos aliados de Aécio, o deputado federal Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG). Neste caso, a planilha traz a indicação de “Cargos em Órgãos Importantes Brasília/Rio”.

Em resposta, a assessoria do senador disse que o levantamento diz respeito a indicações feitas por deputados federais de Minas, de vários partidos, para cargos na administração federal, encaminhado a Aécio “para conhecimento”. (Notícias ao Minuto BR)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.