Radio Calema
InicioMundoÁfricaPartido político tunisino condena conduta de embaixador de França

Partido político tunisino condena conduta de embaixador de França

O partido político tunisino ”Al Tayyar al-Chaabi” condenou, terça-feira”, o comportamento do embaixador de França, Olivier Poivre d’Arvor, que estaria a provocar fúria na opinião pública, e responsabilizou a coligação no poder por um alegado menosprezo de alguns países e dignitários estrangeiros pela soberania nacional.

Num comunicado distribuído em Túnis, o partido adverte as autoridades contra “a persistência nesta via que doravante ameaça a nossa independência nacional e atenta contra a dignidade do nosso povo”, convidando o Ministério dos Negócios Estrangeiros a pôr fim a comportamentos como o do embaixador francês e outros.

Segundo a nota, a Tunísia é um país independente e “não está sob a tutela de qualquer partido estrangeiro que seja “.

“Al Tayyar al-Shaabi” apelou ao que chamou de “forças progressistas nacionais” para colocar a soberania da Tunísia, a independência da sua decisão e a dignidade do seu povo no topo das suas prioridades e atividades, afirmando que “sem soberania nacional, não faz nenhum sentido para a democracia e a justiça social”.

O embaixador Poivre d’Arvor afirmou, nomeadamente, durante a sua nomeação, que ele teria como missão principal “garantir a segurança” dos Franceses quese encontram na Tunísia.

“Há 30 mil cidadãos, quase 15 mil jovens em liceus franceses. E esses são alvos. Devemos ser capazes de protegê-los, especialmente nos países como a Tunísia, os quais sabemos (que) são fornecedores de jihadistas “, afirmou. (Panapress)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.