Radio Calema
InicioMundoEuropaProtesto contra escravidão na Líbia termina em violência em Bruxelas

Protesto contra escravidão na Líbia termina em violência em Bruxelas

Cerca de cinquenta pessoas foram detidas na tarde deste sábado (25) em um bairro comercial de Bruxelas, depois que um grupo que participava de um protesto contra a escravidão na Líbia danificou lojas e atacou as forças de ordem, informou a Polícia.

Segundo um balanço difundido no Twitter pela Polícia da capital belga, “50 pessoas (foram) detidas e (não há) feridos”. De acordo com a emissora RTBF, os detidos são jovens com idades entre 15 e 18 anos.

Os incidentes começaram na praça Louise, não longe do centro da capital, em um bairro muito frequentado nas tardes de sábado, disse à AFP Ilse Van de Keere, porta-voz da Polícia de Bruxelas.

Um grupo de 30 pessoas “saiu da manifestação contra a escravidão na Líbia” e cobriu o rosto antes de atacar duas lojas, que sofreram danos, segundo imagens publicadas na imprensa belga.

Um carro da polícia também foi atacado e projécteis foram lançados, disse Van de Keere.

Um importante dispositivo policial foi mobilizado e a calma voltou à noite.

Esta foi a terceira vez que são registados actos de violência em Bruxelas em questão de semanas.

O ministro da Justiça, Koen Geens, disse no Twitter que “uma manifestação pacífica contra a violência (não pode) ser perturbada pela violência”. (Afp)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.