Radio Calema
InicioAngolaRegiõesGoverno cria equipa técnica para obras paralisadas no Cazenga

Governo cria equipa técnica para obras paralisadas no Cazenga

Uma equipa técnica multisectorial deverá ser constituída pelo governo da província para encontrar soluções para recuperar a avenida Ngola Kiluanji, que se encontra degradada e com a cratera com mais de dois metros de profundidade.

Na Ngola Kiluanji, o troço que liga a 5ª avenida /Deolinda Rodrigues encontra-se em avançado estado de degradação causando enormes transtornos à circulação rodoviária, assim como a cratera provocada pela EPAL há mais de dois anos, que na altura realizou trabalhos na via sem tapar.

O vice-governador de Luanda para a área técnica e infra-estruturas, Paulo kay, em declarações à imprensa depois da jornada de campo realizada governador Adriano Mendes de Carvalho, disse que a comissão vai trabalhar para verificar as obras paralisadas no Cazenga.

Segundo o responsável, a escavação feita pela Empresa Pública de Águas de Luanda (EPAL) numa das faixa de rodagem que impede a circulação normal do trânsito, continua aberta porque foram verificadas outras situações que impossibilita substituir o tapete asfáltico.

Com a visita realizada pelo governador foi possível, com os vários intervenientes, estabelecer um plano de acção para solucionar o mais rápido possível todos os problemas e consequentemente melhorar a mobilidade na rua Ngola Kiluanje.

Quanto a 5ª avenida, segundo o responsável, é importante que o INEA e o Ministério da Construção trabalhem em conjunto para que a questão seja resolvida e concluam a obra para desanuviar o trânsito na 4 avenida e rua dos Comandos.

Cazenga, um dos nove municípios da província de Luanda, conta com seis distritos urbanos, Tala-Hadi, Hoji ya Henda, Cazenga, 11 de Novembro, Kima-kieza e Calwenda. (Angop)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.