Radio Calema
InicioMundoÁfricaJuiz mauritano raptado por homens armados no centro país

Juiz mauritano raptado por homens armados no centro país

A Associação de Magistrados da Mauritânia (AMM) e diferentes sindicatos de magistrados do Mali condenaram fortemente o sequestro, quinta-feira, do presidente do tribunal de primeira instância de Niono, Sounkalo Koné, na região de Ségou (centro ), a cerca de 360 km de Bamako, a capital.

De acordo com um comunicado divulgado no sábado, os sindicatos judiciais solicitaram ao Governo maliano a tomada de medidas para encontrar seu colega.

Num outro comunicado divulgado, na quinta-feira, o Ministério maliano da Justiça criticou por seu turno o rapto do juiz Koné e disse esperar que o Governo fará todo o seu possível para encontrá-lo são e salvo.

O magistrado foi sequestrado, na quinta-feira, por volta das 19:00 horas locais, na sua casa do bairro B5 da Cidade, por cinco homens armados não identificados, que o forçaram a embarcar no seu veículo, um Toyota branco.

De acordo com membros da família do presidente do tribunal, o veículo dos sequestradores dirigiu-se para a cidade de Dioura, em direção à região de Mopti (centro), antes de desaparecer.

Fontes próximas do dossiê davam conta nas vésperas do sequestro de rumores sobre preparativos dum ataque à Prisão de Niono e as autoridades locais tomaram as providências necessárias para securizar o local.

O governador da região de Ségou à qual pertence o círculo (prefeitura) de Niono, Georges Togo, foi pouco tempo depois a Niono para se inteirar da situação e colocar em prática os dispositivos de buscas para encontrar o magistrado raptado.
(Panapress)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.