Radio Calema
InicioAngolaSociedadePadrasto viola enteada de 10 anos de idade no Bié

Padrasto viola enteada de 10 anos de idade no Bié

Uma menor de 10 anos de idade foi violada pelo padrasto, no bairro Catemo, arredores da cidade do Cuito, província do Bié, aproveitando-se da ausência da progenitora da menina que se encontra internada num unidade hospitalar, informou o Comando Provincial da Polícia Nacional.

Segundo o director em exercício do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa, Profílio Evambi, que falava sobre a situação delituosa, o crime praticado por Armando Jamba, de 37 anos de idade, foi denunciada pelos familiares da vítima.

No mesmo período, informou, a corporação registou outro caso de violação sexual de uma menor de quatro anos de idade, praticado pelo cidadão Ernesto Lino, de 25 anos de idade, igualmente na cidade do Cuito.

Os dois crimes, informou, já se encontram sob custódia do Serviço de Investigação Criminal (SIC), serão processados criminalmente.

Relativamente aos últimos sete dias, o Comando Provincial da Polícia Nacional registou 35 casos de natureza de diversas, igual número em relação ao período anterior.

Dos crimes praticados constam casos contra a ordem e tranquilidade pública, uso e posse de estupefacientes, posse ilegal de armas de fogo e de engenhos explosivos, homicídios voluntários simples, homicídios com culpas graves, entre outros.

Sublinhou que os casos em causa resultaram na detenção de 35 indivíduos, entre os quais 28 do sexo masculino e sete do sexo feminino.

São causas dos delitos o uso excessivo de bebidas alcoólicas e outras drogas, divergências nos lares, ganância ao lucro fácil, desemprego, fome e miséria crescente, com maior incidência nas classes menos favorecidas, falta de iluminação pública nos principais centros suburbanose e a inobservância às regras de trânsito. (Angop)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.