Radio Calema
InicioAngolaRegiõesBié: Gestor admite comparticipação dos doentes na compra de medicamentos

Bié: Gestor admite comparticipação dos doentes na compra de medicamentos

O director do hospital municipal da Nharêa, Amândio Chissica, admitiu quinta-feira, haver a comparticipação dos doentes na compra dos medicamentos essenciais, em função da escassez de verbas para a aquisição de fármacos na unidade sanitária.

Em declarações à Angop, o responsável disse que a situação é preocupante a julgar pela vulnerabilidade das famílias, frisando que, de um tempo a esta parte, a assistência medicamentosa baixou de 100 para 60 porcento, revelando que actualmente dispõe apenas de Anti-palúdicos e outros menos usados, tendo em conta a limitação de diagnóstico naquela unidade sanitária.

A malária, doenças diarreica e respiratórias agudas, doenças da pele, reumatismo, infecções de transmissão sexual são entre outras patologias tratadas na unidade sanitária, num universo de 113.651 habitantes.

Realçou ainda que o hospital municipal da Nharêa, 175 quilómetros a norte da cidade do Cuito, província do Bié, debate-se com a falta de aparelho de Raio X, o antigo está avariado há mais de 14 meses, segundo o responsável da unidade sanitária.

Amândio Chissica destacou porém o grande impulso que os novos médicos estão a dar no hospital, frisando que cada um está a contribuir para a melhoria do funcionamento da maior unidade sanitária do município.

“Com a chegada deles ao hospital da Nharêa, os serviços de maternidade, pediatria externa, medicina, e no Banco de Urgência melhoram substancialmente”, considerou. (Angop)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.