BNA deve colocar a banca nos padrões internacionais

O Presidente da República, João Lourenço, afirmou hoje segunda-feira, em Luanda, que o novo governador do Banco Nacional de Angola (BNA), José de Lima Massano, tem a responsabilidade de colocar, de uma forma geral, a banca angolana ao nível dos padrões exigidos pelas instituições financeiras e bancárias internacionais.

O Chefe de Estado angolano fez o pronunciamento no Palácio Presidencial durante a cerimónia de empossamento de José de Lima Massano, no cargo de governador do BNA.

Para o Presidente da República, a indicação de José Massano foi feita na base da confiança de que é a pessoa que tem a responsabilidade de levar a banca de uma forma geral ao nível exigido pelas organizações financeiras mundial.

“Confiamos nas suas qualidades intelectuais, profissionais, de homem íntegro e trabalhador e por esta razão acreditamos que com a equipa que vai necessariamente constituir vamos vencer esta batalha”, sublinhou o Titular do Poder Executivo.

Declarou que o Executivo criará todas as condições para o êxito da missão do governador do BNA.

De acordo com o Presidente João Lourenço, “daqui para frente quando se falar de boa governação, a mesma (governação), passa também pelo bom funcionamento não só do banco central, mas da banca angolana de uma forma geral”.

Testemunharam o acto o vice-presidente da República, Bornito de Sousa, alguns membros do Executivo e titulares dos órgãos auxiliares do Presidente da República. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »