ONU termina processo de desactivação de armas das FARC na Colômbia

A Organização das Nações Unidas (ONU) terminou o processo de desativação do armamento que pertenceu aos guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), na sequência do acordo de paz com o Governo colombiano.

Numa cerimónia que aconteceu na sexta-feira, com a presença do Presidente colombiano, Juan Manuel Santos, e de líderes das FARC, a ONU anunciou que removeu e desativou 8.994 armas e mais de 38 toneladas de explosivos.

As FARC assinaram em novembro passado um acordo de paz com o Governo de Juan Manuel Santos, encerrando um conflito que já durava há mais de cinco décadas e fez pelo menos 260 mil mortos, 60.000 desaparecidos e 7,1 milhões de deslocados.

Enquanto os guerrilheiros parecem cumprir o compromisso de paz assumido, há quem levante dúvidas – como escreve a agência Associated Press – se os rebeldes vão confessar a autoria de vários crimes de guerra e recompensar as vítimas, tal como estava estipulado no acordo.

Numa cerimónia separada, na sexta-feira cerca de 50 líderes rebeldes depositaram flores junto à campa onde está sepultado um dos mais importantes estrategas das FARC, conhecido como Mono Jojoy, que morreu em 2010.

As armas serão derretidas para construir três monumentos à paz. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »