O furacão Maria aumenta para a categoria 4 e se torna ‘extremamente perigoso’

Com ventos máximos de 215 quilómetros por hora, o furacão Maria representa uma ameaça para Porto Rico, as Ilhas de Barlavento e as Ilhas Virgens.

O Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC) anunciou que o furacão Maria tornou-se “extremamente perigoso” e atingiu a categoria 4. Com ventos máximos de 215 quilómetros por hora, o furacão se desloca pelo Atlântico e pode afetar Porto Rico, onde um alerta já havia sido emitido.

Os meteorologistas também alertam que, nos próximos dias, o furacão Maria será sentido nas ilhas de Barlovento e nas Ilhas Virgens (britânicas e americanas). A tempestade pode aumentar até a categoria 5.

Tanto nas ilhas de Barlovento e nas Ilhas Virgens, como em Porto Rico, estão previstas “inundações repentinas com risco de vida e deslizamentos de terra em função das fortes chuvas”.

O governador de Porto Rico, Ricardo Rossello, disse que os efeitos da passagem de Maria por seu país podem ser “mais devastadores” do que os danos causados ​​pelo furacão Irma, que atingiu o estado da Flórida, depois de provocar danos consideráveis ​​em diversas ilhas das Caraíbas. (Sputnik)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »