Ministro incentiva selecções jovens na conquista de títulos

O ministro da Juventude e desportos, Albino da Conceição, apelou hoje, sexta-feira, as selecções nacionais de andebol de juvenis e juniores a continuarem a trabalhar no sentido de manterem o nome de Angola na alta roda da modalidade.

O governante falava durante a homenagem de que foram alvo as duas selecções que no princípio do corrente mês, disputaram em Abidjan (Cote d Ivoire), os campeonatos africanos em ambas as categorias, tendo dito que mais uma vez representaram condignamente o país ao conquistarem um lugar ao pódio que lhe qualifica para a competição do mundo.

“ Fico feliz com mais este feito alcançado por vocês, que demostra que existe algum trabalho, e ao mesmo tempo, também aumentam as nossas responsabilidades a nível mundial” , manifestou o governante.

Durante a cerimónia, Albino da Conceição disse que a caminhada na conquista de títulos por Angola, a nível do andebol feminino, teve início na década de oitenta com clubes e selecções tendo apresentado, na ocasião, as jovens atletas às percussoras de tais feitos presentes ao acto nomeadamente Graça Bandeira, Fabia Raposo, Esperança Furtado “Chinha” e Odete Tavares.

Nesta cerimónia, ao ministro foi entregue oficialmente a taça de campeã africana em juniores bem como uma medalha de bronze para os cadetes.

As jogadoras das duas selecções receberam equipamentos electrónicos, como incentivo.

As duas selecções estão qualificadas para os campeonatos do mundo das respectivas categorias, a decorrerem na Hungria e Polónia respectivamente.

Resultados dos juniores: Angola /RDC ( 36-25), Angola/Mali (50-17), Angola/Argélia ( 30-19), Angola/Egipto ( 29-19).

Resultados das Cadetes: Angola/Egipto (22-25), Cote d Ivoire/Angola (25-28), Angola/RDC ( 36-18) e Angola/Tunísia ( 2-26). (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »