Manifestação contra morte de polícias

CENTENAS de pessoas juntaram domingo no Rio de Janeiro, numa manifestação para chamar a atenção da sociedade brasileira para o elevado número de mortes de agentes de segurança no Estado do Rio de Janeiro.

A acção, que reuniu cerca de 300 pessoas, entre polícias activos e na reserva, familiares e amigos das vítimas, ocorreu no mesmo dia em que foi enterrado o 101º agente assassinado desde o início do ano no Rio , o sargento da Polícia Militar (PM) Lúcio Ferreira de Santana, morto na última sexta-feira, 1 de Setembro.

A manifestação não teve carácter reivindicatório, embora cada grupo participante tenha chamado a atenção para as suas lutas específicas, como a falta de infraestrutura e de armamento de qualidade e a necessidade de atendimento psicológico adequado aos polícias que foram baleados e sobreviveram. (Jornal de Notícias MZ)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »