Huíla: Malata com cinco mortes por malária em Agosto

Pelo menos cinco pessoas morreram em 624 casos de malária registados em Agosto deste ano, no hospital municipal da Matala, província da Huíla, menos dois por cento em relação a igual período anterior.

Em declarações hoje, à Angop, o supervisor para os internamentos do hospital municipal da Matala, Simba Paulo, disse que dos casos registados (uma diminuição de 10%, em relação a igual período anterio) 70 pacientes chegaram a ser internados.

O médico admitiu que o sector da saúde no município vai continuar a promover acções de sensibilização e mobilização junto da comunidade sobre os modos de prevenção e transmissão da mesma, que consistirá também na distribuição gratuita de mosquiteiros impregnados.

Simba Paulo avançou que o hospital tem beneficiado regularmente de fármacos para o combate a malária e para outras doenças.

O município da Matala tem uma rede composta por 21 unidades sanitárias, entre as quais dois hospitais municipais de referência, sendo um na sede e outro na comuna de Capelongo, para assistir uma população de 243 mil 938 habitantes. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »