Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

CNE garante que já começou a pagar a todos os que trabalharam nas eleições de 23 de Agosto

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) já começou a pagar aos mais de 100 mil colaboradores que trabalharam no processo eleitoral e no dia das eleições, a 23 de Agosto, garantiu hoje ao Novo Jornal Online fonte da CNE. Mas as queixas são muitas.

A porta-voz da CNE, Júlia Ferreira, disse que, face ao cumprimento legal e às obrigações, estão a ser pagos desde a semana passada 40 000 Kz, aos cidadãos que prestaram serviço nas assembleias de voto durante as eleições.

“Estamos a pagar via banco a todos os membros que trabalharam nas últimas eleições gerais, conforme estabelece o regulamento”, adiantou, lembrado que também os formadores envolvidos no processo eleitoral já foram ou estão a ser pagos.

Apesar das declarações da porta-voz da CNE, algumas pessoas que trabalharam nas assembleias de voto disseram ao Novo Jornal Online que ainda não receberam os valores em dívida.

Juliana Mandinga, de 35 anos, que trabalhou numa das assembleias de voto de Viana, disse que esta manhã consultou a sua conta e não encontrou nenhum valor depositado.

Como juliana estão os Jovens Pedro Adão e Cláudia Bravo que também não receberam os seus ordenados.

“Consultamos quase sempre e ainda não há deposito nenhuma”, lamentaram os jovens, adiantando que já contactaram os seus colegas e nenhum deles confirmou ter recebido o seu pagamento.

Júlia Ferreira lembrou que o processo de pagamentos obedece a um calendário e que, dentro dessa escala, por exemplo, já foram entregues as verbas referentes aos delegados de lista dos cinco partidos e da coligação concorrentes às eleições gerais de 23 de Agosto.

“O Executivo angolano disponibilizou para cada força política concorrente às eleições gerais deste ano, 1,04 mil milhões de kwanzas para o apoio à campanha eleitoral, bem como um 1,52 mil milhões para pagamento aos delegados de listas que trabalharam nas assembleias de voto”.

De acordo com a porta-voz da CNE, as formações políticas concorrentes às eleições gerais de 2017 devem apresentar os seus relatórios de contas até 23 desde mês.

“O prazo para a apresentação dessas contas é previsto por lei, por isso vamos manter o cumprimento deste procedimento legal”, afirmou.

O novo Presidente da República, João Lourenço, toma posse no dia 26, próxima terça-feira, e os deputados assumem os lugares na Assembleia Nacional dois dias depois, a 28. (Novo Jornal Online)

1 comentário
  1. ariclenes Ferreira Diz

    Não recebemos os 10mil km da alimentação e recebemos a penas 10mil km os dirigentes afirmam que é o valor para cada delegadode lista.
    Eu fui delegado de lista do MPLA da mesa 1 trabalhei com mais de 7 mesas. Isso é justo me pagarem 10mil

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »