Radio Calema
InicioAngolaSociedadePolícias, militares e seguranças privados lideram casos de fuga à paternidade e...

Polícias, militares e seguranças privados lideram casos de fuga à paternidade e violações sexuais

As denúncias de casos de fuga à paternidade, falta de prestação de alimentos e violações sexuais visam sobretudo polícias, militares e seguranças privados, revela o Ministério da Família e Promoção da Mulher (MINFAMU).

“Assustámo-nos com as denúncias sobre a fuga à paternidade dos agentes de segurança privada e ainda relatos de violações. Temos recebido muitos casos”, aponta a directora nacional dos Direitos da Mulher do MINFAMU, Maria Augusto, sem avançar números.

Segundo a responsável, citada pela agência Lusa, os seguranças privados são o mais recente grupo no topo da lista dos principais autores de casos de fuga à paternidade, falta de prestação de alimentos e violações sexuais, crimes há muito associados a polícias e militares.

Maria Augusto considera que o fenómeno pode ser combatido com “mais cuidados nos relacionamentos” por parte das jovens, “porque muitas das vezes desconhecem onde vive o parceiro”.

A directora nacional dos Direitos da Mulher acrescenta que muitas das gravidezes acontecem num primeiro encontro, situação que alimenta dúvidas sobre a paternidade. (Novo Jornal Online)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.