Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

UNITA: Numa, Kachiungo, Massanga Savimbi e Chiyaka apontados como principais substitutos de Samakuva

Com a confirmação da saída de Isaías Samakuva da liderança da UNITA, aos 71 anos e depois de 15 a liderar o partido, no topo da direcção do “Galo Negro” evita-se falar em possíveis sucessores, mas nomes como Abílio Camalata Numa, Pedro Kachiungo, Rafael Massanga Savimbi ou Liberty Chiyaka começam a emergir nas conversas de corredores.

Entre a inevitável substituição de Samakuva e a escolha do novo líder fica, igualmente, espaço para analisar o legado do homem que assumiu a tarefa de substituir o histórico líder e fundador da UNITA, Jonas Savimbi.

Armando Vilela Cruz Sumi, professor universitário, classificou hoje, em declarações ao Novo Jornal Online, o presidente da UNITA como um dos líderes da oposição “mais respeitados”, realçando o papel que jogou ao apelar aos seus militantes para não saírem para manifestações depois da realização das eleições de 23 de Agosto e cujos resultados foram contestados pela oposição liderada pelo “Galo Negro”.

“Trata-se de um político com muita experiência e tem sabido dirigir com responsabilidade o seu partido”, afirmou o docente reagindo à decisão do líder da UNITA, Isaías Samakuva, de deixar a liderança do maior partido da oposição para abrir a porta a um novo ciclo político no partido, como o próprio tem dito para justificar a chegada do tempo da sua retirada.

“Samakuva assumiu a direcção do partido num momento difícil. O partido ainda estava abalado com o desaparecimento físico do seu líder”, destacou Cruz Sumi, apontando Alcides Sakala como um bom sucessor.

O membro da UNITA Alberto Cristóvão Semedo Pedro elege Pedro Kachiungo como forte candidato para substituir o líder da UNITA.

“É um homem lucido e activo. A UNITA precisa de pessoas dessa natureza”, observou.

O analista político Madeira Sebastião Futila destacou a postura de Samakuva à frente da direcção da UNITA nos últimos 15 anos. “Não foi fácil enfrentar adversários internos e externos. Mas Samakuva aturou esse ambiente”, observou.

Para ele, Abílio Camalata Numa é a figura ideal para dirigir o partido.

“É general de referência. Numa que já concorreu com Samakuva é forte sucessor”, sugeriu.

O activista da organização não-governamental Omunga, Daniel Satembo, lamenta a UNITA ter visto sair das suas fileiras o actual presidente da coligação CASA-CE, Abel Chivukuvuku, porque “com Abel Chivukuvuku ainda na direcção da UNITA, não havia outro candidato”.

O porta-voz da UNITA, Alcides Sakala, interpelado pelo Novo Jornal Online sobre este novo momento importante para a história do partido disse que, para substituir o actual líder, a UNITA possui “muitos quadros”.

“O partido tem muitos quadros competentes e qualificados para o cargo. Quem reunir requisitos pode candidatar-se”, resumiu.

O deputado Victorino Nhany corroborou as declarações do seu colega Alcides Sakala afirmando que a “UNITA é um partido repleto de quadros e cada um deles pode assumir a liderança do partido”.

Um outro membro da UNITA, José António Kifany, escolheu Rafael Missanga Savimbi, como uma boa figura para dirigir o partido, justificando com a necessidade de surgir sangue novo à frente do “Galo Negro”.

“A Injecção do novo sangue é precisa na UNITA. Para mim, o filho do falecido Jonas Savimbi é um bom quadro para dirigir o partido”, frisou.

O secretário da Unita no Huambo, Liberty Chiyaka, é escolhido pelo estudante da universidade UTANGA, António Bula, como uma boa opção para a direcção da UNITA porque “é um jovem que tira o sossego ao MPLA no Huambo e como líder da UNITA seria uma boa opção”. (Novo Jornal Online)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »