Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Toyota, Mazda e Denso unem esforços nos eléctricos

Em etapas distintas da mobilidade eléctrica, embora ambas pressionadas pelo investimento que os principais concorrentes têm vindo a fazer neste domínio, as japonesas Mazda e Toyota acabam de anunciar a celebração de uma parceria, da qual faz igualmente parte o fabricante de componentes para automóveis Denso, com vista ao desenvolvimento e fabrico dos seus futuros veículos eléctricos.

Ao abrigo desta parceria, anunciam os fabricantes, será constituída uma joint-venture, a que será dado o nome de “EV C.A. Spirit Co. Ltd”. E que, enquanto responsável pelo desenvolvimento dos novos veículos, contará, inicialmente, com cerca de 40 funcionários, oriundos das três companhias.

O acordo prevê que a Toyota disponibilize, à nova empresa, a sua plataforma TNGA (Toyota New Global Architecture), enquanto a Mazda deverá fornecer o planeamento de produto e o seu conhecimento em termos de desenvolvimento com base em modelação computacional. Já à Denso caberá partilhar o seu know-how em matéria de tecnologias electrónicas.

As três empresas comprometem-se ainda a investir igual montante no desenvolvimento de recursos, aceitando, desde já, que outros construtores possam vir a juntar-se ao projecto, como forma de acelerar o desenvolvimento dos novos produtos e reduzir custos. Sendo que o principal objectivo é criar uma plataforma comum capaz de albergar vários tipos de propostas eléctricas, para posterior comercialização por parte das marcas envolvidas.

Aliás, é desde já expectável que desta parceria resultem vários tipos de veículos eléctricos, desde automóveis de passageiros até SUV.

Recorde-se que, no caso da Toyota e da Mazda, este projecto é também o estreitar de relações iniciadas com a parceria anunciada no passado mês de Agosto, com vista à construção, nos EUA, de uma fábrica conjunta. A qual, representando à partida um investimento de 5,1 mil milhões de euros, promete não só criar cerca de 4.000 empregos, mas também uma capacidade de produção instalada de cerca de 300.000 carros/ano.

Com previsão de conclusão já para 2021, esta nova fábrica servirá, no caso da Toyota, para aí montar a versão norte-americana do Corolla, enquanto a Mazda utilizará a linha de montagem para fabricar crossovers, igualmente destinados ao mercado dos EUA.

Ainda ao abrigo desta plataforma de entendimento, está previsto que a Toyota compre 5,05% do capital da Mazda, ao passo que esta última está obrigada a adquirir 0,25% do fabricante de Aichi. (Observador)

por Francisco António

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »