Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

WhatsApp foi bloqueado na China

A China bloqueou o WhatsApp, a conhecida rede social de troca instantânea de mensagens. O serviço está indisponível desde domingo, segundo o The New York Times, e a empresa ainda não reagiu ao sucedido.

Depois de ter reforçado o controlo em várias redes sociais (e inclusivamente ter bloqueado o Facebook e o Twitter), chegou agora a vez do WhatsApp. É a terceira rede social do “universo” Zuckerberg a ser impedida no país, depois de o Facebook ter sido proibido em 2009 e o Instagram em 2014. Recorde-se que a mesma rede social já vinha a ser censurada desde há alguns meses.

O mesmo jornal escreve que a censura terá começado em julho. Na altura, o bloqueio começou por ser feito ao envio de vídeos, depois ao envio de ficheiros e chegou até às chamadas de voz. Um especialista diz que a China pode mesmo ter conseguido desenvolver um software específico para interferir com o funcionamento da aplicação, impedindo-a de trabalhar.

O bloqueio do WhatsApp surge a um mês de acontecer o Congresso do Partido Comunista chinês. A Tech Crunch escreve que a rede social podia já estar “indiciada” para fechar, devido ao seu sistema de encriptação de ficheiros, que torna a comunicação muito difícil de violar – o que podia ser usado por dissidentes políticos para difundir ideias contra o governo. (Observador)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »