Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Jovens surpreendidos durante assalto queimados por populares em Cacuaco

Três jovens alegadamente surpreendidos a tentar assaltar uma casa foram queimados vivos pela população, na manhã de domingo, no bairro Belo Monte, em Cacuaco, confirmou hoje ao Novo Jornal Online fonte da Polícia Nacional.

De acordo com o director provincial de comunicação institucional e imprensa do Ministério do Interior, intendente Mateus Rodrigues, os três supostos assaltantes caíram na armadilha dos moradores quando tentavam assaltar uma residência.

“Segundo as informações que recebemos no local, eles foram apanhados na tentativa de assaltar uma residência. Os moradores juntaram-se e prenderam os três jovens e entenderam que tinham de fazer justiça com as próprias mãos”, lamenta.

O responsável acrescentou que antes de a população atear fogo aos jovens, foram antes agredidos.

“Os jovens foram espancados e depois queimados. Existe o órgão de justiça, ninguém tem o direito de fazer justiça com as próprias mãos, temos apelado sempre à população para evitaram situações do género”, reiterou o responsável.

Mateus Rodrigues garantiu que os agentes do SIC, estão desde o dia de ontem a investigar as circunstâncias do incidente.

“Os efectivos do SIC estão a investigar as circunstâncias do incidente. Neste momento ainda não fizemos nenhuma detenção, estamos a trabalhar para encontrar os presumíveis autores deste triste episódio”, afirmou.

Segundo uma fonte que falou sob anonimato ao Novo Jornal Online, “o bairro Belo Monte tem sido palco de vários crimes deste género. Este não é primeiro caso de delinquentes queimados. Os moradores tomaram esta atitude em função dos constantes assaltos”.

A falta de policiamento é apontada como a maior causa de criminalidade na zona.

“Os moradores do Belo Monte não têm sossego. Neste bairro não existe patrulhamento, já fizemos varias participações ao Comando de Divisão de Cacuaco, infelizmente nunca surtiu efeito”, concluiu. (Novo Jornal Online)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »