Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

FMI exige divulgação de relatórios técnicos

A divulgação da versão completa do relatório de auditoria aos empréstimos contraídos por empresas públicas de Moçambique com o aval do Estado é uma peça-chave para a negociação de um novo programa de ajuda técnica e financeira, disse quinta-feira, em Washington, o porta-voz do Fundo Monetário Internacional (FMI).

“O sumário do relatório (elaborado pela Kroll Associates UK) foi tornado público, sendo agora aguardada a publicação oficial da versão completa, bem como a divulgação pelas autoridades de Moçambique das informações em falta, nomeadamente a que respeita ao destino dado ao dinheiro dos empréstimos”, disse Gerry Rice.

O porta-voz e director do Departamento de Comunicação do Fundo Monetário adiantou que os pedidos de informação bem como a adopção de medidas para garantir a transparência e garantir a prestação de contas são passos críticos para a negociação de um novo programa de apoio.

A missão do Fundo Monetário Internacional que visitou Moçambique em Julho passado concluiu os contactos que pretendia efectuar sem anunciar quando é que a instituição poderia retomar o apoio financeiro ao país.

Na ocasião, o FMI voltou a pedir ao governo que esclareça onde foi utilizada a maior parte dos dois mil milhões de dólares obtidos com a contracção de três empréstimos, dois dos quais em 2013 e 2014 sob a presidência de Armando Guebuza e que apenas foram divulgados quando descobertos.

A Kroll Associates UK referiu no sumário do relatório que muita da informação pretendida para poder concluir a tarefa para que havia sido contratada tido sido recusada sob a alegação de que se tratava de assuntos relacionados com a segurança do Estado.
A versão completa do relatório foi já entregue à Procuradoria-Geral da República. (Jornal de Angola)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »