Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

SADC envia missão de avaliação para o Lesotho

A COMUNIDADE para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) deve enviar hoje uma missão ministerial ao Lesotho para avaliar a situação após o assassinato do chefe do Estado-Maior do Exército do país, o general Khoantle Motsomotso.

Motsomotso foi morto a tiros por oficiais na terça-feira, num quartel militar de Maseru, um assassinato que reaviva a instabilidade político-militar no que reino montanhoso da África Austral.

“Fiel a um dos principais objectivos que é consolidar, defender e manter a democracia, a paz, a segurança e a estabilidade na região, a SADC enviará ao reino, em 7 de Setembro de 2017 (hoje), uma missão ministerial para avaliar a situação e determinar o mecanismo de intervenção requerido “, refere um comunicado divulgado pelo Departamento das Relações Internacionais e Cooperação da África do Sul.

O Presidente Jacob Zuma, que desde a última cimeira da SADC em Julho assume a liderança da organização regional, condenou o assassinato “insensato e lamentável” de Motsomotso, especialmente “porque a sua morte acontece dois anos após o assassinato do ex-Comandante da Força de Defesa do Lesotho, o general Maaparankoe Mahao, em Junho de 2015, criando-se assim um padrão perigoso no Reino do Lesotho”.

O primeiro-ministro basotho não forneceu detalhes sobre os assassinatos. Numa conferência de imprensa na terça-feira, Thomas Thabane, alem de lamentar o sucedido, disse somente que o incidente estava a ser investigado.

Segundo fontes oficiais de Maseru, dois dos envolvidos no assassinato do chefe do Estado-Maior – os coronéis Bulane Sechele e Tefo Hashatsi, mortos no incidente – estavam a ser investigados criminalmente por possível implicação no assassinato do general Maaparankoe Mahao, em 2015.

O Lesotho, monarquia constitucional, vive há bastante numa cíclica instabilidade político-militar. (Jornal de Notícias MZ)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »