Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Cuanza Norte: Província colhe mais de um milhão de toneladas de produtos agrícolas

Um milhão, 100 mil e 421 toneladas de produtos agrícolas diversos foram colhidas, na província do Cuanza Norte, por produtores organizados em associações e cooperativas de camponeses, no quadro da campanha agrícola 2016/2017.

Desta produção constam 972 mil e 270 toneladas de mandioca (cultura predominante na província), 25.999 toneladas de batata-doce, 14 mil e 766 toneladas de milho e 11mil e 095 toneladas de feijão, entre outras, informou hoje, à Angop, o responsável de secção do Instituto de Desenvolvimento Agrário (IDA) na província, Afonso Maria Eduardo Zaila.

A estes produtos juntam-se também o amendoim com 10 mil e 938 toneladas, a banana com 55 mil e 245 toneladas, o feijão macunde com três mil e 246 toneladas e os hortícolas (tomate, cebola, couve, repolho, cenoura, pimenta e outros) com seis mil e 861 toneladas.

No quadro da campanha agrícola 2016/2017 a província preparou 123 mil e 438 hectares de terras aráveis, das quais apenas mil e 275 hectares foram lavrados com recurso a mecanização agrícola.

Entretanto, o técnico esclareceu que, devido a insuficiência de máquinas agrícolas, as famílias camponesas apoiadas pelo IDA desenvolvem a actividade de campo ainda de forma tradicional.

Na campanha agrícola estiveram envolvidas 82 mil e 928 famílias camponesas dos dez municípios que compõem a província.

O Instituto de Desenvolvimento Agrário na província do Cuanza Norte funciona actualmente com 30 técnicos. O período de cultivo é repartido por três ciclos (Setembro/Dezembro, Fevereiro/Abril e Maio/Agosto).

Cuanza Norte é uma província situada no extremo oeste de Angola, tem uma extensão territorial de 20.252 quilómetros quadrados e congrega 10 municípios. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »