Luanda: Quinze médicos reforçam serviços de saúde no Kilamba Kiaxi

Mais quinze médicos vão trabalhar na área de cuidados básicos de saúde, no município do Kilamba Kaixi, em Luanda.

Os novos médicos, dos quais dez foram apresentados hoje quinta-feira, aos responsáveis da Administração local e do sector da saúde, vão trabalhar nos centros de saúde locais e reforçar os serviços nos hospitais da Divina Providência e Municipal do Kilamba Kiaxi.

Em declarações à propósito da apresentação dos novos profissionais recém formados em Angola, Cuba e na Rússia, a directora municipal da Saúde, Josefa Costa, afirmou que numa primeira fase serão encaminhados dois médicos em cada centros de saúde do município, onde vão trabalhar em regime de rotação de três em três meses, para melhor conhecimento da realidade sanitária do município.

Questionada se os números de médicos encaminhados ao município vai satisfazer as necessidades em termos de demanda, a directora esclareceu que a instituição precisa de no mínimo três a quatro médicos em cada centro para manter em pleno os cuidados primários de saúde.

Em declarações à Angop, os novos médicos esperam poder trabalhar para contribuir na melhoria da qualidade de vida da população da circunscrição.

Adilson José Zueco, médico recém formado na Rússia, espera que a direcção da Saúde garanta as condições necessárias para praticar o que aprenderam.

Deseja trabalhar para melhorar o sistema nacional de saúde e contribuir em prol da melhoria do sector no pais.

Em relação a situação sanitária no município, disse que ainda não dispõe de informações concretas, admitindo que o que conhece viu pela televisão ou ouviu de terceiros.

Elogiou o programa de municipalização dos Serviços de Saúde do Governo e disse estar preparado para dar o seu contributo no município do Kilamba Kiaxi.

Zaira Vicente, outra profissional também apresentada hoje, disse que pretende colaborar para a melhoria dos cuidados básicos de saúde à população.

Formada na Universidade Jean Piaget, em Luanda, tem alguma informação sobre o sistema de saúde na periferia, tendo assinalado a falta de médicos que provoca o aumento da demanda nos hospitais.

O município do Kilamba Kiaxi tem sete centros de saúde, dos quais seis estão operacionais e três médicos nos cuidados primários de saúde. Com os 15 novos médicos faz 18. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »