“Sr. Putin, é uma honra estar consigo”: uma frase, uma imagem e um aperto de mão

Em Hamburgo, onde ambos se encontram para participar na cimeira do G20, os Presidentes norte-americano e russo tiveram esta manhã o seu primeiro encontro cara a cara. Voltaram a estar juntos horas depois, em clima de grande cortesia

Trocaram o primeiro aperto de mão há algumas horas e voltaram a estar juntos, sentados lado a lado, esta tarde, em Hamburgo. Cerca das 15h30, este segundo encontro decorria ainda e em clima de grande entendimento. “É uma honra estar consigo”, disse Donald Trump a Vladimir Putin, que retribuiu a cortesia com um “estou encantado em conhecê-lo pessoalmente, e espero que nossa reunião traga resultados”.

Na Alemanha para participar na cimeira do G20, os Presidentes russo e norte-americanos estão a ser o centro das notícias em todo o mundo.

“Eles apertaram as mãos e disseram que mais tarde se encontrariam, para realizar uma reunião separada”, disse aos jornalistas no local o porta-voz do Kremlin.

Segundo confirmou Dmitry Peskov aos repórteres, Putin está ansioso para esse encontro pessoal e tem várias questões para fazer ao Presidente norte-americano.

Na quinta-feira, na Polónia, Donald Trump foi particularmente duro com a Rússia, que acusou de manter um comportamento desestabilizador, referindo-se à situação na Ucrânia e ao apoio dado à Síria e ao Iraque.

Peskov detalhou que Putin está perfeitamente informado sobre as declarações em causa e que estas serão tidas em consideração. (Jornal Expresso)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »