BPC vai processar quem divulgou lista de supostos devedores

O Banco de Poupança e Crédito (BPC), o maior banco angolano, vai accionar os mecanismos legais para responsabilizar quem divulgou a lista de alegados devedores.

A revelação foi feita em conferência de imprensa na segunda-feira, 10, pelo presidente do Conselho de Administração do banco, Ricardo d’Abreu, na qual revelou que o crédito mal parado da instituição ultrapassa os 2.640 milhões de euros, metade do qual vai começar a ser vendido a outra sociedade estatal ainda este ano.

O jurista Francisco Lumangu diz que a divulgação da lista com nomes de devedores, pode levar a perda de confiança ao sistema bancário angolano.

“Isto pode levar os clientes a procurarem outros meios, a abandonarem a banca angolana”, avisa em conversa com a VOA.

Lumangu afirma também que os devedores “têm o direito de recorrerem aos tribunais angolanos, mas lembra que na sua maioria são dirigentes do MPLA e que não vão entrar em choque com a banca”.

Recorde-se que o BPC fechou as contas de 2016 com um prejuízo de 29,5 mil milhões de kwanzas (150 milhões de dólares). (Voa)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »