Radio Calema
InicioMundoEUARepublicanos voltam a travar revogação do Obamacare no Senado dos EUA

Republicanos voltam a travar revogação do Obamacare no Senado dos EUA

Três senadores do partido de Trump chumbam rejeição do plano de saúde criado por Obama.

A mais recente tentativa da liderança republicana no Senado dos Estados Unidos para cumprir a promessa do Presidente Donald Trump de revogar o Obamacare, a reforma de saúde de Barack Obama, fracassou esta sexta-feira, com votos contra de três senadores conservadores.

Um deles foi John McCain, recentemente diagnosticado com cancro cerebral, que se juntou a outras duas senadoras republicanas, Susan Collins e Lisa Murkowski, e a todos os democratas para chumbar a proposta, apelidada de “skinny bill” (“lei fininha”) e que recebeu 51 votos contra e 49 a favor.

Horas antes da votação, que começou pouco depois da 01h00 de sexta-feira (06h00 em Lisboa), Trump encorajou, no Twitter, os republicanos a fazerem avançar o projeto após “sete anos de espera”. A revogação e substituição do Obamacare, a reforma de saúde implementadas pelo então Presidente Barack Obama em 2010, tornou-se uma das principais promessas eleitorais de Trump.

Após o novo fracasso da votação, o líder dos republicanos no Senado, Mitch McConnell, admitiu a sua desilusão e disse que este é o momento de “seguir em frente”. Não se sabe se McConnell vai tentar submeter outra proposta a voto antes das férias do Senado, já que, antes do chumbo desta sexta-feira, já tinham fracassado outros dois projetos desde que o debate foi aberto na Câmara Alta, na terça-feira. (Correio da Manhã)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.