Radio Calema
InicioGovernoActividades PartidáriasPRS promete subsídios de desemprego e apoio às famílias caso ganhe as...

PRS promete subsídios de desemprego e apoio às famílias caso ganhe as elições

O PRS propõe aos angolanos, nas eleições de 23 Agosto, uma revisão da Constituição para introduzir em Angola uma governação federal, mas quer também instituir subsídios de desemprego e de apoio às famílias com mais de cinco filhos.

As medidas constam do manifesto eleitoral do Partido de Renovação Social (PRS) e colocam em destaque a proposta de revisão da Constituição, “consubstanciada nos princípios do regime democrático e social, fundado na representação do povo e no modelo de governação federal, mediante um referendo nacional”.

O partido liderado por Benedito Daniel, que é também o candidato para o cargo de Presidente da República, defende a “adopção de uma constituição federal” para “assegurar na prática aos angolanos e a estrangeiros residentes em Angola a inviolabilidade dos direitos e liberdades fundamentais”.

Essa reforma passa, desde logo, pela reorganização do poder legislativo com a “câmara dos deputados ou câmara baixa”, a eleger proporcionalmente pela população de cada Estado e a “câmara de representantes ou câmara alta”, com a igualdade de representação dos Estados.

Angola está actualmente dividida em 18 províncias, com os respectivos governos provinciais, mas a proposta do PRS passa pela “concessão de autonomia política, administrativa, legislativa e financeira aos Estados federados”.
As propostas de cariz social do PRS assentam na promoção da “redistribuição dos rendimentos”, em que se destaca o “acesso ao subsídio social de desemprego para a estabilidade das famílias”, bem como a redução – não quantificada no programa de Governo – do Imposto sobre o Rendimento do Trabalho (IRT) aos funcionários do sector público e privado e a instituição de um abono de família.

O partido compromete-se ainda com a criação de um subsídio social para “as famílias mais numerosas, a partir do nascimento do quinto filho”. (Jornal de Angola)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.