Radio Calema
InicioAngolaEspecial Eleições 2017Eleições/2017: UNITA fala dos eixos estratégicos do seu programa

Eleições/2017: UNITA fala dos eixos estratégicos do seu programa

A UNITA tornou a falar das prioridades do seu programa eleitoral, realçando os sectores da educação, saúde, habitação e emprego.

Falando hoje no comício que marcou o arranque da sua campanha eleitoral, no bairro Balumuca, município de Cacuaco, o presidente da UNITA, Isaías Samakuva, sublinhou que as quatro áreas correspondem àquelas que o seu partido pensa ser “medidas de urgência”.

Na sua óptica, o país precisa criar empregos para os jovens e cidadãos, e melhorar o sector da saúde.

Caso vença as eleições, a UNITA poderá fomentar o emprego no sector mineiro, que, em sua opinião, não está a ser devidamente explorado dado o potencial do país.

Segundo o político, o programa da UNITA pretende resolver “os grandes problemas do país”, centrados em políticas que visam o alcance de objectivos para a construção da nação com o resgate da cidadania, a reforma do Estado e a afirmação da nova identidade de Angola.

No comício, onde estiveram milhares de militantes e simpatizantes deste partido, o presidente da UNITA disse esperar que estas eleições decorram num ambiente livre e sejam transparentes e justas.

Apelou aos militantes do seu partido a respeitar as diferenças ideológicas das outras formações partidárias, comprometendo-se com os princípios democráticos no país.

A UNITA, segunda força política do país, com 32 deputados na Assembleia Nacional, apresentou, sexta-feira, o seu programa de governo para os próximos cinco anos, propondo-se a reformar o Estado e a aprovar uma nova Constituição.

Nas eleições gerais de 2012 a UNITA foi a segunda formação política mais votada. Obteve 1.074.565, o que permitiu eleger 32 deputados para a Assembleia Nacional. (Angop)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.