Radio Calema
InicioAngolaRegiõesBenguela: CICA promove conferência sobre saúde comunitária

Benguela: CICA promove conferência sobre saúde comunitária

Uma conferência sobre a contribuição da igreja na promoção da saúde comunitária, que visa alertar a população sobre as doenças endémicas, iniciou quarta-feira, no município de Benguela, numa iniciativa do Conselho das Igrejas Cristãs em Angola (CICA).

O encontro com duração de três dias, está ser orientado por técnicos da saúde local e vai elucidar os presentes sobre a situação da saúde pública em Angola e, em particular em Benguela, estratégia para o combate a malária, VIH-sida e tuberculose, situação da saúde materna infantil, estratégia para promoção da saúde reprodutiva, prevenção da mortalidade materna infantil, entre outros assuntos estarão em debate.

A conferência tem como objectivo, despertar o perigo a que estão expostas as comunidades em termos de saúde comunitária, conhecer as experiências de outros povos no combate as doenças endémicas, promover maior desenvolvimento das igrejas na promoção da saúde comunitária e criar um órgão que monitora as acções das igrejas neste dominio.

Em entrevista à Angop, o moderador provincial do CICA, Reverendo, Adriano Satende Santos, disse que a conferência vai ainda informar aos participantes sobre as noção dos efeitos nefastos que essas doenças produzem no seio das comunidades, bem como servirá para escutar o que os intervenientes fazem para a promoção da saúde comunitária.

“A igreja tem estado preocupada com a questão relacionada a saúde porque, as pessoas doentes, quando chegam ao hospital, nem sempre encontram respostas adequadas e atribuem a culpa aos técnicos quando, na verdade, o próprio doente chega tarde nas unidades hospitalares”, explicou.

Considerou que o encontro será uma oportunidade para que a igreja e os seus líderes possa reunir informações sobre a situação da saúde em Benguela e das doenças endémicas mais frequentes, os efeitos destas doenças e de modo a serem prevenidas.

No encontro representantes de igrejas e organizações não-governamentais que trabalham neste seguimento vão aproveitar oportunidade para trocar experiências.

Adriano Satende Santos salientou ainda que, os conferencistas, depois de reunirem todos esses elementos de aspectos teóricos e práticos, estarão em condições de definir o que a igreja pode fazer e que venha contribuir para a saúde comunitária.

A conferência foi aberta pelo director provincial da Cultura, Cristóvão Mário Cajibanga, em representação da vice-governadora para a esfera política e social, Laurinda Baca, que enalteceu a iniciativa e apelou para maior empenho dos participantes para que obtenha resultados positivos durante os três dias.

Participam do encontro mais de 150 membros de organizações não-governamentais, empresas ligadas a promoção de saúde e líderes religiosos. (ANGOP)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.