Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Temer convoca aliados ao Planalto após ser denunciado e discute reação

Procuradoria Geral da República denunciou Temer pelo crime de corrupção passiva; após acusação chegar ao STF, presidente recebeu ao menos 5 ministros e parlamentares da base aliada.

Após ser denunciado pela Procuradoria-Geral da República, o presidente Michel Temer convocou na noite desta segunda-feira (26) ao Palácio do Planalto ministros e aliados para discutir uma reação política. No dia em que se tornou o primeiro presidente da República em atividade denunciado por crime comum, Temer ficou 12 horas na sede do Executivo federal. Ele deixou o gabinete por volta das 23h15.

Temer também chamou ao Planalto na noite desta segunda o marqueteiro Elsinho Mouco, que tem comandando as últimas campanhas do PMDB. Mouco participou das discussões de estratégias de enfrentamento a Janot após a apresentação da denúncia na qual os aliados do presidente decidiram adotar como linha de discurso “cobrar provas” de Janot.

Procurado pela colunista, o marqueteiro do PMDB confirmou o encontro com Temer na noite desta segunda e disse que o presidente questionará detalhes da denúncia. Elsinho Mouco afirmou ao Blog que a denúncia da Procuradoria Geral da República é uma “peça de ficção”.

“Vamos para o enfrentamento. O presidente avalia se vai falar em entrevista, como será. Mas o tom está definido: vamos perguntar sobre as provas, vamos questionar Janot”, disse Mouco ao Blog.
O presidente foi denunciado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pelo crime de corrupção passiva com base nas delações de executivos do grupo J&F, dono do frigorífico JBS. (G1)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »