Rússia prolonga medidas de resposta às sanções ocidentais até fim de 2018

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, assinou o decreto que prolonga as medidas de resposta às sanções do Ocidente até 31 de Dezembro de 2018, diz-se no documento no portal oficial de informação jurídica da Rússia.

O presidente solicitou ao governo para concretizar o decreto, bem como fazer as alterações necessárias quanto ao prazo das sanções.

O decreto entrou em vigor a partir do dia de assinatura.
Na quarta-feira (28), o Conselho da UE decidiu prolongar as restrições económicas contra a Rússia, que expiram hoje. Desta forma, o Conselho aprovou a decisão política, tomada pelos líderes dos países-membros da UE, na cúpula de 22 de Junho.

Os países ocidentais introduziram sanções contra a Rússia em Março de 2014 devido à situação na Ucrânia, sendo repetidamente ampliadas e prolongadas.

Moscovo, em resposta, limitou a importação de alimentos dos países que aderiram às sanções antirrussas. (Sputnik)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »