MLSTP/PSD e o Partido Comunista Chinês reuniram na sede central

O líder do MLSTP, principal partido na Oposição em São Tomé e Príncipe, enalteceu hoje, em São Tomé, os laços de amizade que considerou de ‘’históricos’’ entre o seu partido e o Partido Comunista Chinês, PCC.

Com efeito, uma delegação do PCC, efectuou uma visita a São Tomé e Príncipe, onde, entre outros, reuniu, com o Primeiro-Ministro Patrice Trovoada.

Aurélio Martins, recebeu, na sede central do MLSTP, no Riboque, a delegação com a qual discutiu acções visando o reforço de relações bilaterais.

‘’Trata-se de um momento histórico, recebermos em nossa casa, uma delegação do Partido Comunista Chinês (PCC)’’, considerou Martins.

Aurélio Martins que falava aos jornalistas no termo de um encontro de mais de uma hora, sustentou que ‘’mesmo quando se cortou relações com a China, nós o MLSTP, mantivemos relações”.

Segundo este responsável “para o MLSTP existe e existirá uma só China’’.

Martins afirmou que ‘’O MLSTP sabe identificar os amigos e camaradas. Mesmo em momentos difíceis, estávamos sempre juntos’’, adiantou.

Xing Gao, por seu lado, confirmou ancestralidade destas relações, sublinhando que as relações entre o seu partido, e o MLSTP, do qual se estende aos outros partidos, baseam- se em quatro pilares.

De entre tais pilares, Xing Bao, chefe da divisão de Relações Internacionais do PCC, defendeu autodeterminação, independência e respeito mutuo, aos quais adiantou, disse, visa desenvolver relações fecundas entre as partes.

No âmbito dessas conversações, fontes disseram que uma missão do MLSTP deve seguir em breve para a Republica Popular da China a fim de retribuir a tal visita e se fazer a revisão de relações bilaterais. (Jornal Transparência)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »