Malanje: Delegado do MININT reitera combate aos crimes violentos

O Delegado Provincial do Ministério do Interior (MININT), comissário António José Bernardo, reiterou hoje, quarta-feira, nesta cidade, aos órgãos policiais a combaterem os crimes violentos nos vários domínios e especificidade, com vista a esclarecerem em tempo oportuno, aos órgãos que administram a justiça na região

Falando na abertura da III Reunião do Conselho Consultivo Alargado da Delegação Provincial do MININT, o responsável disse ser necessário que o Serviço de Investigação Criminal (SIC) e a Direcção da Ordem Pública continuem a empreender esforços para detectar os actores que cometem crimes violentos e leva-los a barra da justiça.

Apesar de não avançar números dos crimes violentos que se registam na província, António Bernardo esclareceu que os órgãos do MININT contarão sempre com a colaboração do cidadão na denúncia destes males, que enfermam a sociedade.

Em Malanje, os crimes mais violentos cometidos na sua maioria por jovens, são os homicídios voluntários, tráficos de drogas, violação de menores e de anciões, roubos qualificados entre outros.

O encontro que decorre sob lema “ Preparemo-nos Para os Desafios da Manutenção da Tranquilidade e de Realização de Eleições em Paz e Ordem”, visa balancear as actividades desenvolvidas pelos órgãos do MININT durante o I e IIº trimestre deste ano, bem como avaliar o grau de cumprimento das orientações superiormente baixadas.

Durante o evento, os participantes vão debruçar-se sobre a situação migratória, perspectiva no âmbito de asseguramento das eleições, medidas traçadas de segurança das unidades penitenciárias, trabalho de inteligência, informação em prol do pleito eleitoral.

A situação operativa dos municípios e da estratégia atinentes ao asseguramento das eleições, informação sobre o estado da logística, os meios de comunicações, situação operativa da província, serão dentre outras matérias a serem afloradas na reunião.

Participam da Reunião efectivos da Delegação do MININT e do Comando Provincial da Polícia Nacional. (ANGOP)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »